CAPÍTULO 8
Programação visual com Software Livre
EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo.  Prólogo de Benoit Minisini

<< Anterior Próximo >>


Arquivos necessários, localizações 


Cada componente necessita, em primeiro lugar, do programa em si, que terá sempre como nome gb.x.gambas, onde x será o nome que nós escolhemos.

A partir de agora, vamos chamar o nosso novo componente controles e, por tanto, o nome do componente dentro do sistema de arquivos será gb.controles.gambas.

É necessário também uma localização específica para este arquivo. Todos os componentes do gambas estarão localizado localizados em uma pasta que, salvo se tivermos compilado Gambas a partir dos fontes empregando uma opção - - prefix específica, será /usr/lib/gambas2.
 
Se tivermos compilado Gambas usando uma opção – prefix diferente de /usr no script configure (por exemplo, /usr/local/lib/gambas2 neste caso.

Cp ColorLabel.gambas  /usr/lib/gambas2/gb.controles.gambas
 

Copiaremos nosso executável a essa pasta, para o qual, a partir do console e como root, entraremos na pasta do projeto e copiaremos o projeto com o novo nome (se preferirmos, podemos faze-lo com o Konqueror ou Nautilus):
 

gedit  /usr/lib/gambas2/gb.controles.component
 

Os componentes em gambas necessitam também com extenção. componente para ser reconhecido como tal. Vamos criar este arquivo a mão com qualquer editor de texto. Nós vamos usar o gedit, mas pode ser qualquer um (lembremos que devemos ser root):

O conteúdo desse arquivo incluem vários parâmetros que são exposto a seguir:
 

[Component]

Key=gb.controles

Name=Controle Adicional

Author=Daniel Campos

Group=Adicionais

Controls==ColorLabel

Require=gb.qt
 

A chave [Componente] deve estar sempre no início do arquivo. E o valor Key é o nome do componente sem extensão (neste caso, o arquivo gb.componente.gambas que copiamos, mas sem a extensão gambas). E a chave Name indica o nome do componente que aparecerá como descrição na hora de escolher os componentes de um projeto. Em Author colocamos o nome do autor do componente.

Depois vem uma serie de chaves opcionais: Group só usamos se quisermos adicionar controles gráficos e coloca-lo na aba de de controles onde queremos que ele apareça. O mesmo se aplica para Controls, que se refere a cada um dos controles que queremos que apareçam nessa aba. Require se utiliza se nosso componente depende de outros, neste caso, de gb.qt. Se tivermos compilado para gb.gtk, teria que ser essa a dependência indicada.

Uma vez criado e salvo o arquivo gb.controles.component, temos finalmente que copiar dois arquivo dentro de /usr/share/gambas2/info, que proporciona informação adicional para o interpretador Gambas.

Dentro de nossa pasta de projeto serão criados também após compilar, dois arquivos chamados .list e .info. Se desejarmos vê-los, lembramos que os arquivos que começam com um ponto são ocultos, po tanto, temos de usar ls -a no console ou ativar a opção de exibir arquivos ocultos no Konqueror ou Nautilus. terão de ser copiados para sua localização definitiva com o nome do componente neste caso, gb.controles.info e gb.controles.list):
 

Cp .inf  /usr/share/gambas2/info/gb.controles.gambas.info


Cp .list  /usr/share/gambas2/info/gb.controles.gambas.list
 






 

<< Anterior Próximo >>

HOME



Cópia literal

Extraído do livro “GAMBAS, programação visual com software Livre”, da editora EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo. Prólogo de Benoit Minisini

LICENSA DESTE DOCUMENTO


É permitido a cópia e distribuição da totalidade ou parte desta obra sem fins lucrativo. Toda cópia total ou parcial devera expressar o nome do autor e da editora e incluir esta mesma licença, adicionando se é uma cópia literal “Cópia literal”. Se é autorizada a modificação e tradução da obra  sem fins lucrativo sempre se deve constar na obra resultante  a modificação o nome da obra original o autor da obra original e o nome da editora e a obra resultante também deverá ser livremente reproduzida, distribuída, ao publico e transformada em termos similares ao exposto nesta licença.

Tradução

Cientista
 (Antonio Sousa)