CAPÍTULO 7
Programação visual com Software Livre
EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo.  Prólogo de Benoit Minisini

<< Anterior

7.4 Sobre XML-RPC



Em futuras versões Gambas 2, disporemos também de um componente XML-RPC. Estas referem-se ao uso de XML como sistema para comunicar dois processos entre duas maquinas diferentes XML-RPC é um subconjunto de XML que define uma linguagem para chamar a processos remotos.

Um servidor XML-RPC aceita chamadas remotas e seus métodos. O processo é muito similar a chamar uma função local dentro de um programa: o cliente chama a função passando alguns parâmetros (números inteiros, cadeias, estrutura de dados...); e o servidor processa a chamada e devolve ao cliente o resultado, que também será uma cadeia, número, data, etc.

O componente XML-RPC possuem varias facilidades para implementar estes processos.

Por um lado o servidor dispõe de um parser, no qual definiremos os nomes dos métodos que serão aceitos, assim como a correspondência entre estes e outros locais do programa servidor. Deste modo, teremos apenas que passar o pedido do cliente ao parser, o qual se encarrega de verificar o número e tipo dos parâmetros, e devolver um error ao cliente, ao chamar a função local e devolver o resultado ao cliente.

O servidor poderá funcionar em solitário, implementando um pequeno serviço web para atender as petições, ou pode funcionar de modo controlado pela aplicação servidora, a fim de implementar CGIs que se sirvam desde apache, por exemplo.

Na parte cliente é possível definir a URL do servidor e a forma de cada método. Igualmente poderá atuar de modo solitário, solicitando mediante uma petição web a chamada ao servidor. Também pode criar o documento XML da petição, deixando à aplicação ou modo de transporte e recepção dos dados com o servidor.
 
 






   

<< Anterior

HOME



Cópia literal

Extraído do livro “GAMBAS, programação visual com software Livre”, da editora EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo. Prólogo de Benoit Minisini

LICENSA DESTE DOCUMENTO


É permitido a cópia e distribuição da totalidade ou parte desta obra sem fins lucrativo. Toda cópia total ou parcial devera expressar o nome do autor e da editora e incluir esta mesma licença, adicionando se é uma cópia literal “Cópia literal”. Se é autorizada a modificação e tradução da obra  sem fins lucrativo sempre se deve constar na obra resultante  a modificação o nome da obra original o autor da obra original e o nome da editora e a obra resultante também deverá ser livremente reproduzida, distribuída, ao publico e transformada em termos similares ao exposto nesta licença.

Tradução

Cientista
 (Antonio Sousa)