CAPÍTULO 2
Programação visual com Software Livre
EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo.  Prólogo de Benoit Minisini



2.4 Manipulação de cadeias



Umas das tarefas mais habituais nos programas de informática é o uso de cadeias de texto, tanto para as aplicações de base de dados, como para a simples saída de mensagens na tela. Em Gambas estão implementado todas as funções de cadeia de texto do BASIC padrão mais as que estão presentes no Visual Basic. Antes de proceder a sua lista, destacamos que existe um “operador” de cadeias de texto que permite concatená-las diretamente, Trata-se do símbolo &. Vejamos um exemplo de seu uso

DIM Nome AS String
DIM Apelido AS String

Nome = "Manoel"
Apelidos = "Alvares Gomes"

PRINT Apelidos & " , "  & Nome

A saída no console será:                                                                                                         

Alvares Gomes, Manoel

Vejamos agora a lista das funções disponíveis para manipular cadeias de texto:

* Asc (Cadeia,[Posição]): Devolve o código ASCII do caracter que está na posição indicada na cadeia dada. Se não é dada a posição, devolve o código do primeiro caractere.

* Chr$: devolve um caracter a partir de seu código ASCII. Esta função é útil para adicionar caracteres especiais a uma cadeia de texto, por exemplo:

PRINT "Manoel" & Chr$(10) & "Antonio"

* insere uma tabulação  entre os nomes, já que na tabela ASCII o código 10 corresponde a um avanço de linha (Line Feed).

* InStr (Cadeia, Sub cadeia [ , Inicio ] ): Procura a sub cadeia da cadeia e devolve um         número da posição onde a encontrou. Se não dermos o valor Inicio,  a busca começará         nessa posição. Por exemplo:

PRINT Instr( "Gambas é basic", "bas", 5 )

devolve um 10,  enquanto que:

PRINT Instr( "Gambas é basic", "bas" )

devolve 4

* RinStr (Cadeia, Sub Cadeia [, Inicio ] ): função igual ao InStr, só que começa a  busca da direita para esquerda na cadeia.

devolve:  


Faltam  páginas 58-59


No segundo caso podemos ver como, mesmo que o separador seja o espaço em branco, o texto não fica separado um circo ao estar rodeado do caractere de escape.

Havia, uma, vez, um
Havia, uma, vez, um circo






Cópia literal

Extraído do livro “GAMBAS, programação visual com software Livre”, da editora EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo. Prólogo de Benoît Minisini

LICENSA DESTE DOCUMENTO


É permitido a cópia e distribuição da totalidade ou parte desta obra sem fins lucrativos. Toda cópia total ou parcial devera expressar o nome do autor e da editora e incluir esta mesma licença, adicionando se é uma cópia literal “Cópia literal”. Se é autorizada a modificação e tradução da obra  sem fins lucrativos sempre se deve constar na obra resultante  a modificação o nome da obra original o autor da obra original e o nome da editora e a obra resultante também deverá ser livremente reproduzida, distribuída, ao publico e transformada em termos similares ao exposto nesta licença.

Tradução

Cientista
 (Antonio Sousa)