CAPÍTULO 1
Programação visual com Software Livre
EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo.  Prólogo de Benoît Minisini

<< Anterior Próximo >>

1.6  Familiarizando com a IDE


Mesmo que um programa em Gambas possa ser feito com um editor de texto plano qualquer, seria um desperdício não aproveitar um dos maiores atrativos que a linguagem tem: sua IDE, o ambiente de desenvolvimento. A IDE do Gambas poupa o programador boa parte do trabalho mais tedioso, lhe proporciona ferramentas que tornam muito mais fácil sua tarefa, com utilitários de ajuda, desenhos da interface, auto completando as instruções, tradução do programa, etc. Na imagem seguinte podemos ver algumas das janelas mais importantes do ambiente, que se usa durante o desenvolvimento de uma aplicação:

Figura 2
Figura 2. Ambiente de desenvolvimento do Gambas

Quando o Gambas inicia, o primeiro que aparece é a janela de bem vindo

Figura 3
Figura 3. Janela de bem vindo

Aqui temos as opções de começar um novo projeto ou aplicação, abrir um projeto desde que tenhamos seus arquivos disponíveis, abrir um usado recentemente ou um dos numerosos exemplos que está incluído na ajuda do Gambas.

Antes de escolher qualquer uma dessas opções é necessário saber que todos os códigos fontes de uma aplicação feito em Gambas é o  que se denomina projeto. O projeto é formado por uma série de arquivos que no Gambas está sempre dentro de um único diretório. porem o desenvolvedor pode criar vários subs diretórios e organizar a seu gosto, porem qualquer gráfico, texto e código que faça parte da aplicação estará dentro do diretório do projeto. Por isso se escolhermos nesta janela Novo projeto... o assistente sempre criará um novo diretório com o nome do projeto e ai ira introduzir todos os arquivos necessários para o desenvolvimento da aplicação. Assim, para enviar a alguem o código fonte de uma aplicação feito em Gambas ou mudar de computador ou de disco, é só copiar o diretório com o nome do projeto, sem ter que se preocupar com outros arquivos. Do mesmo modo, se a partir do ambiente de desenvolvimento escolhermos um arquivo ou um gráfico para integra-lo ao nosso trabalho, o arquivo será automaticamente copiado para o diretório do projeto.





   
<< Anterior
Próximo >>

HOME



Cópia literal

Extraído do livro “GAMBAS, programação visual com software Livre”, da editora EDIT LIN EDITORIAL S.L,  dos autores  Daniel Campos Fernández e José Luis Redrejo. Prólogo de Benoît Minisini

LICENSA DESTE DOCUMENTO


É permitido a cópia e distribuição da totalidade ou parte desta obra sem fins lucrativos. Toda cópia total ou parcial devera expressar o nome do autor e da editora e incluir esta mesma licença, adicionando se é uma cópia literal “Cópia literal”. Se é autorizada a modificação e tradução da obra  sem fins lucrativos sempre se deve constar na obra resultante  a modificação o nome da obra original o autor da obra original e o nome da editora e a obra resultante também deverá ser livremente reproduzida, distribuída, ao publico e transformada em termos similares ao exposto nesta licença.

Tradução

Cientista
 (Antonio Sousa)